Selecione seu estilo

Escolha seu layout

Esquema de cores

DSC_5829

Parque do Varvito e Parque Rocha Moutonnée – uma aula de geologia!

Pra quem não sabe, eu morava em Itu – interior de São Paulo. Fiquei por lá durante 7 anos, o suficiente para aprender amar esse “exagero” de cidade. Agora que mudei, nada mais justo que postar uma dica de passeio desse lugar que tão bem acolheu toda a minha família! Na verdade, tenho muitas dicas (que postarei futuramente), mas esse parque merece uma atenção toda especial.

O Parque do Varvito, como é denominado, foi inaugurado em 1995 e é um dos melhores locais para se observar a formação rochosa que dá nome ao parque. Por sua importância científica, foi tombado pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo) e pode ser visitado por grupos escolares ou qualquer pessoa que tenha interesse em sua história ou não tenha, mas que esteja apenas afim de relaxar ou fazer um piquenique.

Suas rochas constituem uma prova incrível da glaciação ocorrida há milhões de anos, quando toda a porção sul do supercontinente Gondwana (reunião da maior parte das zonas de terra firme que hoje formam os continentes – lembram disso?) ficou coberta por espessas camadas de gelo.

DSC_5586

Tente imaginar esse lugar com imensas geleiras e lago!

Mas o que é exatamente o varvito? O varvito é um conjunto de varves – sucessões repetitivas de camadas, depositadas em lagos próximos a geleiras, formando uma estratificação horizontal e bastante regular. As camadas variam em espessura e cor, conforme suas composições.

As variações das camadas!

As variações das cores e espessuras

Nesse parque podemos notar que as camadas foram ficando mais finas, conforme a proximidade com a superfície, mostrando que as varves mais recentes são menos espessas que as mais antigas, pois ao longo dos anos, a geleira foi recuando e, desse modo, levando menos sedimentos para o lago. Se procuramos bem, encontraremos ainda, alguns vestígios fósseis de animais invertebrados que habitavam o local.

As diversas camadas! Dizem que cada uma equivale a um ano!

As diversas camadas! Dizem que cada uma equivale a um ano!

Acho surpreendente estar ali e pensar em sua história, nos anos que levaram para a formação do conjunto todo, nos animais que já não existem mais…Como não ficarmos admirados diante de tanta informação?

Lelê admirada...rs

Lelê admirada…rs

No mais, o parque é bastante agradável, com lagos, anfiteatro, espaço para piquenique, playground, trilhas e, entre outros, a Gruta Lágrima do Tempo, que recebe esse nome devido à existência de gotículas de água em sua parede, muito parecidas com lágrimas.

A Gruta das Lágrimas.

A Gruta Lágrima do Tempo

A diversão está garantida.

A diversão é garantida.

Os jardins são muito bonitos.

Os jardins são muito bonitos.

E tem bastante espaço para descansar!

E tem bastante espaço para descansar!

Vale a pena visitar! Realmente é um lugar ímpar!

Para os que se empolgarem com a visita, segue uma dica complementar – o Parque Rocha Moutonnée, na cidade vizinha, Salto.

A rocha Moutonnée é um granito róseo de idade estimada em 500 milhões de anos (tempo demais, não é mesmo?) e tem esse nome devido ao seu formato arredondado que faz lembrar um carneiro deitado.

As crianças adoram esse parque (e os adultos também), pois nele estão espalhadas algumas réplicas de dinossauros que se movimentam e emitem sons!

Que medo!

Que medo!

É um passeio bem gostoso!

Quem for me conta o que achou!

 

Parque do Varvito

Rua Parque do Varvito, s/n – Itu, SP

Horário de Funcionamento: de terça a domingo, das 8h às 17h

Telefone para agendamento de visitas de grupos: (11) 4023-1502/(11) 4022-2181

Entrada e estacionamento gratuitos.

 

Parque Rocha Moutonnée

Rodovia Rocha Moutonnée, s/n  –  Salto, SP

Horário de Funcionamento: de terça a domingo, das 8h30 às 16h30

Entrada  e estacionamento gratuitos.

 

Gostou das dicas? Curta a página do “Brincando por aí” no facebook para acompanhar as atualizações.

Para conhecer um pouco mais do meu trabalho, acesse o site www.brincandoporai.com.br

2 Comentários

  • Sou professora de Geografia e gostaria de detalhes sobre atividades como essas. Ob

    • Sandra, continue acompanhando a página e o blog, com certeza algumas futuras postagens serão interessantes para vc! Para saber mais detalhes ou tirar dúvidas, entre em contato por email por meio do site! Abraços!

Conta para mim!

Topo